Seu trabalho em boas mãos

You may like:

Ligue para: (21) 96738-7614

  • No products in the cart.
Image Alt

Dr. Jorge

  /  Business   /  Como o estoicismo pode ajudar o estudante do Ensino Superior

Como o estoicismo pode ajudar o estudante do Ensino Superior

College students sitting in the park

Identificar seus objetivos acadêmicos pode ser difícil e demorado. Milhares de distrações competem por sua atenção e impedem você de refletir sobre sua vida. O estoicismo pode ajudar a caminhar na direção certa, pois ensina um estilo de vida moderado.

Eu sou um homem ansioso por natureza. Se não me aparece uma obrigação ou atividade que precisa ser feita, logo encontro uma coisa nova para fazer. Sempre tive tendência a me preocupar, a ficar estressado rapidamente, a ter raiva com facilidade e até um pouco de medo do futuro. Essa era minha natureza e eu a consegui mudar (ou, talvez, refreá-la) por meio da filosofia estoica. De fato, graças aos estóicos, pois eu fui absorvendo sua filosofia, refletindo sobre seus ensinamentos todos os dias e aplicando o que eles me ensinaram todos os dias. Graças a isso, fiquei mais calmo, muito menos ansioso, e, portanto, mais centrado e menos estressado. E é por isso que eu recomendo a filosofia estoica a todos os alunos que eu atendo em consultorias.

Em “Um Guia para a Boa Vida: A Antiga Arte da Alegria Estoica”, William Irvine guia o leitor através da filosofia estoica, para que possa buscar tranquilidade e virtude, aprender a lidar com emoções negativas e apreciar a moderação. Esse livro mudou a maneira como eu vejo o mundo e lido com os problemas.

Virtude e tranquilidade

Virtude e tranquilidade são os valores mais altos de um estoico. O estoicismo é uma filosofia da vida, pode dar sentido e significado à nossa vida. Mostra-nos o que vale a pena buscar, como a tranquilidade, e o que não é, como o prazer externo. Como tal, é uma maneira de simplificar bastante nossas vidas. Existem dois temas centrais no estoicismo, valores que todos os estoicos se esforçam para incorporar em suas vidas o máximo possível. Esses dois objetivos são: virtude e tranquilidade. No sentido estoico, a virtude não se refere a alguém com altos padrões morais, mas sim a viver uma vida alinhada com seu próprio conjunto de valores.

Por exemplo, se admiro os valores de bondade, honestidade, retidão, dignidade, integridade. Então, devo fazer o possível para aplicar esses valores no que digo e faço. Se você perceber que suas ações podem beneficiar você e as pessoas ao seu redor, leve isso em consideração. Viver uma vida virtuosa poderia consistir em tornar seus entes queridos felizes, em compartilhar seu conhecimento para ajudar as pessoas a viverem melhor.

Na vida acadêmica, isso significa atribuir ao trabalho e aos estudos uma certa tranquilidade para pesquisar. Muitos são os desafios para se começar, continuar e concluir uma faculdade. E muitas são as virtudes exigidas para que você faça isso bem. Pode acontecer, por exemplo, de você conseguir concluir com êxito todas as matérias e, chegando a hora de escrever a monografia, você travar completamente. Será o momento de achar fortaleza, paciência e laboriosidade para encarar o desafio.

A paz estoica

Para um estoico, a tranquilidade é um estado psicológico no qual experimentamos poucas emoções negativas, como ansiedade, tristeza e medo, mas uma abundância de emoções positivas, especialmente a alegria. Sêneca explica a melhor forma de buscar a tranquilidade, e você pode aplicar isso à sua vida de estudos. Use suas habilidades de raciocínio para afastar qualquer coisa que o excite ou assuste. Provas, prêmios, críticas e bajulações de colegas e professores. Tente passar por tudo isso firme e inabalável em vez de se alterar conforme as circuntâncias e pessoas. Se você conseguir, haverá tranquilidade ininterrupta e liberdade duradoura.

Uma pessoa inabalável mostra grande autocontrole e não deixa suas emoções dominarem seu intelecto. Por exemplo, mantenha a calma se você for para exame final, porque sabe que é desnecessário ficar zangado com o professor ou reinvindicar por notas se você claramente não as mereceu.

Aprecie o que você já possui

Um dos piores círculos viciosos que enfrentamos, especialmente no mundo ocidental, é a armadilha do consumismo. Somos infelizes porque somos insaciáveis. Depois de trabalharmos duro para conseguir o que queremos, perdemos o interesse no objeto de nosso desejo. Em vez de nos sentirmos satisfeitos, nos sentimos um pouco entediados e, em resposta a esse tédio, continuamos a formar novos desejos, ainda maiores. Conhecida cientificamente como adaptação hedônica, refere-se à tendência observada dos seres humanos de retornar rapidamente a um nível relativamente estável de felicidade, apesar dos principais eventos positivos ou negativos ou mudanças na vida.

De acordo com essa teoria, quando uma pessoa ganha mais dinheiro, as expectativas e desejos aumentam em conjunto, resultando em nenhum ganho permanente de felicidade. Enquanto você é universitário, está tudo bem saborear um prato de macarrão e um copo de água, mas mais tarde seu apetite só poderia ser satisfeito com um risoto e vinho caros?

Se você estiver exposto a um estilo de vida luxuoso, poderá perder a capacidade de apreciar coisas simples. Esses desejos sem fim significam que nos tornamos escravos do desejo de sempre adquirir mais. Uma pessoa quieta e virtuosa sabe que precisa sair desse ciclo e os estoicos fazem isso aprendendo a querer as coisas que já têm e a apreciar as coisas em sua vida. Quanto mais você quer o que tem, em comparação com o que deseja, mais feliz será. Isso pode ajudar em muito em sua vida acadêmica, pois você aprenderá a valorizar o curso que faz, os professores e colegas que tem e o que já aprendeu.

O exercício da visualização negativa

Um exercício muito simples que você pode usar para conseguir isso é a visualização negativa: imagine que as coisas e pessoas que você considera como certas e que interagem mais desaparecem e desaparecem para sempre. Reserve um tempo para imaginar que perdeu as coisas que ama – que sua esposa o deixou, que seu carro foi roubado, que perdeu seu emprego. Isso permitirá que você valorize sua esposa, seu carro e seu trabalho mais do que você faria normalmente.

Entre as vantagens, aprendemos a tomar medidas para evitar essa perda, reduzimos, portanto, o impacto emocional da perda, se isso acontecer, desenvolvemos maior a amor elo que temos. Isso fará com que você se sinta mal por um momento, porque o pensamento de perder é doloroso, mas, ao mesmo tempo, isso te dará uma onda instantânea de apreço e mostrará como você tem sorte por ainda tê-los em sua vida. . Isso o encorajará a apreciar melhor seus entes queridos e a tratá-los melhor.

Minimize qualquer emoção negativa

Na sua juventude, porque você supôs que viveria para sempre, você considerava seus dias como garantidos e, como resultado, desperdiçou muitos deles. Na velhice, porém, acordar todas as manhãs pode ser motivo de comemoração. Um estoico diria que você deveria aprender a valorizar sua vida. Um octogenário que esteja ciente do valor de sua vida e de seu tempo poderá obter mais alegria da vida do que seus netos que consideram qualquer aspecto de sua vida garantido.

Como o luto é uma emoção negativa, os estoicos se opuseram a ela. Ao mesmo tempo, perceberam que, por sermos meros mortais, algumas tristezas são inevitáveis ​​ao longo da vida, assim como o medo, a ansiedade, a raiva, o ódio, a humilhação e a inveja. O objetivo dos estoicos, portanto, não era eliminar a tristeza, mas minimizá-la. Quando as pessoas experimentam desastres pessoais, é natural sentir tristeza. Após esse período de luto reflexivo, no entanto, um estoico tentará dissipar qualquer luto que ele tenha deixado, tentando raciocinar sua existência. Ele invocará o tipo de argumento que Sêneca usou em seus consolos: “É isso que a pessoa que morre quer que eu faça?” … Claro que não, ela gostaria que eu fosse feliz… A melhor maneira de honrar sua memória é chorar e viver. “

Toda a filosofia estoica pode ser muito salutar para a vida acadêmica. Para mais dicas e orientação, entre em contato comigo, clicando aqui.

Leave a comment

User registration

You don't have permission to register

Reset Password